São Paulo Advanced School of Astrobiology: Making Connections

A astrobiologia, da forma como é conhecida hoje, foi institucionalizada em 1998, pela NASA, como forma multidisciplinar e integradora de tentar responder três questões bastante complexas: “Qual a origem da vida e como ela evoluiu?”, “Qual o futuro da vida na Terra e quais suas adaptações às mudanças no ambiente?" e “Existe vida fora da Terra?”.

São perguntas bastante complexas e que dificilmente seriam respondidas utilizando-se apenas uma das disciplinas tradicionais. Conceitos de astronomia, física, biologia, química, geologia e outras áreas precisam ser aplicados, em conjunto, para este entendimento.

Esta abordagem já está bem consolidada em diversos países do mundo e, apesar de recente, vem crescendo rapidamente no Brasil, que já possui uma comunidade coesa trabalhando no tema, assim como trabalhos relevantes em escala internacional. Mas para que a área cresça de maneira continuada, ainda é necessário fomentar a formação de alunos capacitados na área, por meio de parcerias e intercâmbios internacionais, escolas e conferências. Uma atuação proativa nesses quesitos, como com a organização de um evento do porte das escolas avançadas de ciência Fapesp, certamente tem contribuído para aumentar a visibilidade do país em escala nacional.

Uma das estratégias em execução é a elaboração de parcerias internacionais, como a que o grupo brasileiro já confirmou com a rede européia de astrobiologia (EANA) e com o instituto de astrobiologia da NASA (NAI), do qual agora é parceiro internacional.

Nesse contexto se encaixa a realização desta escola: criar massa crítica no país interessada no tema, criar uma linguagem comum entre as diversas áreas, para facilitar a comunicação entre alunos e pesquisadores, iniciar colaboração entre estudantes brasileiros e estrangeiros, assim como oportunidades reais de intercâmbio, troca de conhecimento, etc. O subtítulo deste evento, “making connections”, explica exatamente essa intenção. Para tal, a escola convidou palestrantes e aceitou participantes das mais diversas áreas da ciência e de diferentes níveis, procurando mecanismos reais de interação entre eles (por exemplo, com a realização de um grupo focal, em que alunos de diferentes áreas criaram projetos em conjunto).

Pesquisadores estrangeiros, com mais experiência nessa integração, foram convidados para minicursos abordando química, biologia, geologia e astronomia. Pesquisadores brasileiros e estrangeiros de destaque foram chamados para palestras pontuais sobre seus temas de pesquisa.

PAÍSES REPRESENTADOS POR PALESTRANTES:
Alemanha, Brasil, Estados Unidos, Inglaterra, México, Rússia.

  • Intituição

    Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas / Universidade de São Paulo

  • Área de conhecimento

    Astronomia

  • Pesquisador Responsável

    Jorge Ernesto Horvath

  • Nº do Processo FAPESP

    2011/50124-2

  • Período

    11/12/2011 a 20/12/2011

  • Inscrições

    Encerradas

  • Site

    http://www.astro.iag.usp.br/~spasa2011

  • Cidade

    São Paulo

  • Palavras-chave

    Astrobiologia, Exoplanetas, Extremófilo, Origem e evolução da vida, Bioassinaturas, Vida extraterrestre

  • Programa Ocultar

    MINICURSOS

    Lisa Kaltenegger
    Max-Planck-Institut für Astronomie, Heidelberg, Germany

     - Planets everywhere - especially small ones?
     - Characterizing a planet - CSI for exoplanets
     - Super-Earth & Life - what does habitable really mean?

    Lynn Rothschild
    NASA Ames Research Center, Moffet Field CA, USA

     - Great moments in evolution
     - Life in the extremes and what that means for looking for life elsewhere
     - Replaying the tape and the future of life 

    Norman Sleep
    Stanford University, Palo Alto CA, USA

     - Serpentinite and the Dawn of life
     - Free Oxygen: Interaction of Biology and Tectonics 

    Steven Benner

     - Foundation for Applied Molecular Evolution, Gainesville FL, USA
     - The origin of Darwinian chemical systems
     - Paleogenetics: placing experiments behind models for the historical past 

     

    PALESTRAS

    Alicia Kowaltowski
    Universidade de São Paulo, Brazil
     - Bioenergetics 

    Alinka Lepine-Szily
    Universidade de São Paulo, Brazil
     - Nuclear astrophysics and the formation of chemical elements on the Universe 

    Álvaro Penteado Crósta
    Universidade Estadual de Campinas, Brazil
     - The role of cosmic impacts in the evolution of the Earth 

    Amancio Friaça
    Universidade de São Paulo, Brazil
     - Chemical evolution of the Universe and the evolution of complexity

    Antonio Lazcano
    Universidad Nacional Autónoma de México, Mexico
     - The origin of life: did it all start in a Darwinian warm little pond? 

    Arnaldo Naves de Brito
    Universidade Estadual de Campinas, Brazil
      - Monitoring prebiotic evolution with synchrotron light

    Carl Pilcher
    NASA Astrobiology Institute, USA
     - Videoconference on international collaboration opportunities with NAI 

    Claudia A.S. Lage
    Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brazil
     - Probing the limits of extremophilic life in extraterrestrial-simulated experiments 

    David Gilichinsky
    Soil Criology Laboratory – Russian Academy of Science, Russia
     - Permafrost Astrobiology: Terrestrial Permafrost Models of Martian Habitats and Inhabitants 

    Eduardo Janot Pacheco
    Universidade de São Paulo, Brazil
     - Searching for exoplanets with the new generation of telescopes 

    Gustavo Porto de Melo
    Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brazil
     - Planetary habitable zones in astrobiology 

    Howell Edwards
    University of Bradford, UK
     - Raman spectroscopy of extremophiles from hot and cold desert environments from mars oasis Antarctica to planet Mars: the search for life signatures on Mars – the ExoMars missio

    Jorge Horvath
    Universidade de São Paulo, Brazil
     - Gamma-ray events on habitable planets 

    Marcelo Gleiser
    Darthmouth College, USA
     - From the Big Bang to Life: The merging of two cosmic histories
     - The Chirality of Life: From Phase Transitions to Astrobiology 

    Martin Brasier
    University of Oxford, UK
     - Searching for the emergence of life in early planetary records
     - Decoding the protozoan-animal transition within the Ediacara biota 

    Nélio Bizzo
    Universidade de São Paulo, Brazil
     - Real Science in School Settings? Mind the gap!
     - The Phoenix discoveries and their astrobiological implications 

    Nilton Rennó
    University of Michigan, USA  

    Paulo Artaxo
    Universidade de São Paulo, Brazil
     - Climate change and its biological forcing 

    Paulo Bretones
    Universidade Federal de São Carlos, Brazil
     - General discussion on education/outreach 

    Steven J. Dick
    Smithsonian National Air and Space Museum, USA
     - Critical Issues in the History, Philosophy, and Sociology of Astrobiology 

    Thomas Fairchild
    Universidade de São Paulo, Brazil
     - Evolution of Precambrian life in the Brazilian geological record 

    Thyrso Villela Neto
    Agência Espacial Brasileira, Brazil
     - An Overview of the Brazilian Space Program 

    Tie Koide
    Universidade de São Paulo, Brazil
     - Extremophile systems biology: towards mechanistic gene regulatory models 

    Vivian H. Pellizari
    Universidade de São Paulo, Brazil
     - Contributions of life in extreme environments in Brazil